Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Justiça - o fomentar das injustiças e os seus prevaricadores

Não existem dúvidas, neste momento a área da sociedade portuguesa mais enlameada é a justiça. Um pilar essencial para a democracia e a igualdade de direitos de todos os cidadãos - que está a funcionar exactamente no sentido inverso.

 
Mas é fácil atirar as culpas para os profissionais da justiça, e para os juízes/magistrados em particular.
Qual a verdadeira culpa dos juízes e outros magistrados no manancial pantanoso de leis (algumas ainda do tempo dos reis) que pululam na legislação portuguesa?
 
As leis são maioritariamente idealizadas e redigidas por políticos (profissionais??? De carreira…) que são na maioria licenciados em Direito que se auto-intitulam advogados apenas pelo simples facto de terem efectuado um curto estágio profissional após o término da licenciatura.
Estas leis são idealizadas para não serem interpretáveis pelo comum do cidadão e para conseguirem ser ultrapassáveis usando esquemas legislativos (para não falar de esquemas ilegais e de corrupção) que eles próprios inventaram. Desta forma as leis aplicam-se à generalidade da população, mas não a estes iluminados; salvo quando é necessário um qualquer diploma legislativo para os retirar ou aos amigalhaços de alguma enrascada menos própria em que se viram envolvidos.
São estes bandalhos os verdadeiros culpados da situação lastimosa a que chegou a justiça portuguesa, coadjuvados pela fraquíssima qualidade dos advogados nacionais.
(Que não tenho os advogados como a melhor das classes profissionais não é novidade… aliás salvo algumas honrosas excepções são uma grande corja e uns chupistas que não possuem quaisquer valores e não sabem o significado da palavra deontologia (liderados pelos grandes gabinetes de advogados centralizados em Lisboa, no Porto e, pelos visto, em Madrid…) e, por isso, com o perfil ideal para integrarem a classe política portuguesa actual (que definitivamente descambou na última década). Seja bem-aventurado aquele que nunca precisou de consultar/contratar um advogado.)
por joca às 16:49
link | comentar | adicionar
|
1 comentário:
De Fulano a 27 de Fevereiro de 2010 às 14:37
Este comentário provavelmente não tem a ver com o teor do artigo, é um panfleto de um cidadão indignado.

O que é preciso é compaixão Cristã. Vai aqui um exemplo da mesma compaixão:

« ...Esta proposta, sublinhou, é "perfeitamente possível" de ser executada "cortando 50,5 milhões de euros numa prestação onde o abuso é uma vergonha, chamado rendimento mínimo garantido". » Paulo Portas

O partido dos «com a boca cheia de dentes» que fazem terapia quando lhe morre o gato, e fazem peregrinações a Fátima equipados de roupa desportiva "griffé" e são católicos porque ser católico é tradição e ser tradicional é fino e aristocratico , vivem à séculos de rendas e de não participar no desenvolvimento (fugindo aos impostos em larga escala) têm o desplante de fazer bandeira dos abusos das classes populares. Estes cristãos, os tais do "ao outro como a si mesmo", (tem-se visto ao longo dos séculos), quando as classes populares já embrutecidas pela pobreza, enraivecidos pela miséria fizerem correr sangue clamarão pela dureza policial. O que esta gente propõe é a "sul-americanização" da vida.

P.S. Não nego que haja abusos mas serão mais graves que os outros abusos que TODOS conhecemos? E havendo abusos serão na ordem de 50,5 milhões?


Comentar

Todas as máximas já foram escritas. Resta apenas pô-las em prática - Blaise Pascal ...

pesquisar

 

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
17
20

21
22
24
26
27

28
30


posts

Dos Cavacos, dos Belmiros...

O mundo mais justo do neo...

A face do péssimo jornali...

Das escutas...

Paulo Portas - popularuch...

Quem manda?

Da confusão entre caridad...

Mais papista que o Papá -...

... e se for uma muçulman...

SNS - Sustentabilidade fi...

arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds