Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

BdP - Institucionalizar o roubo

A pretexto da fixação de uma taxa máxima de juros nos créditos, o Banco de Portugal aprova o roubo que a banca promove diariamente em Portugal (... nos cartões de crédito de 32,8 por cento).

A exploração da ingenuidade (será mesmo burrice) de muito portugueses à grande e à fartazana!

 

Daqui.

por joca às 12:26
link | comentar | adicionar
Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009

Imigração - as diferentes alternativas

A política de imigração na Europa volta a estar na ordem do dia, vários países debatem ou preparam novas abordagens para disciplinar esta matéria.

 

A França discute "o que é isso de ser francês"?

A Suíça referenda a tolerância religiosa para com os "não suíços". (Felizmente os suíços (ainda) não são tão xenófobos como parecia.)

A Itália "dá" pontos para se poder ser italiano.

A Alemanha pretende criar uma carta de princípios e valores para todos os imigrantes que quiserem permanecer no país.

 

Julgo que esta abordagem da Alemanha indicia um bom caminho para as questões da imigração.

 

Em termos mundiais, a Europa tem liderado nos princípios humanistas que defende. E todas as pessoas que pretendam habitar no espaço europeu devem aceitar esses princípios e cumpri-los. Para este fim esta carta pode ser um excelente método. A tolerância e a aceitação da diferença tem dois sentidos (para com os imigrantes, mas também por parte destes).

 

Esta carta de princípios e valores deverá ser aceite não apenas pelos imigrantes provenientes do espaço exterior à Europa, mas também por aqueles que migram dentro do espaço europeu e inclusivamente pelos habitantes nacionais (neste caso, os alemães).

 

(aqui)

por joca às 14:47
link | comentar | adicionar

Banca - os vampiros não aprendem

Bancos europeus “estão a semear” a próxima crise (aqui).

 

Criaram a crise, extorquiram o que podiam, sugam o povo e preparam-se para a médio prazo repetir o processo até à grande ruptura.

As instituições são meros veículos para os vampiros engordarem, e se porventura estas falirem algures no decorrer do processo - no problem - que o dinheirinho já estará bem guardadinho numa muito bem recheada conta na Suíça e inventarão outras instituições para reiniciar novamente "a sucção".

 

A ideia que aqueles que acumulam milhões (demasiadas vezes fazendo uso de estratagemas/esquemas ilegais e imorais) irão voluntariamente fazer a redistribuição da riqueza foi definitivamente assassinada. É necessário forçar os vampiros a esta redistribuição, quer por regulação e diminuição de margens de lucro quer pela taxação exemplar dos lucros astronómicos gerados.

 

É vergonhoso o caminho que as grandes instituições económicas do dito 1º mundo estão a calcorrear. Estamos cada vez mais num mundo "america-latinizado", em que o fosso entre os muito ricos e a restante população está a crescer exponencialmente.

por joca às 14:20
link | comentar | adicionar

Todas as máximas já foram escritas. Resta apenas pô-las em prática - Blaise Pascal ...

pesquisar

 

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
17
20

21
22
24
26
27

28
30


posts

Dos Cavacos, dos Belmiros...

O mundo mais justo do neo...

A face do péssimo jornali...

Das escutas...

Paulo Portas - popularuch...

Quem manda?

Da confusão entre caridad...

Mais papista que o Papá -...

... e se for uma muçulman...

SNS - Sustentabilidade fi...

arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds