Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Regionalização - Centro (Beira Litoral e Estremadura)

 AGD
Águeda
BV
Baixo Vouga
 SVV
Sever do Vouga
 ABV
Albergaria-a-Velha
 ETR
Estarreja
 OBR
Oliveira do Bairro
 AVR
Aveiro
RA
Ria de Aveiro
 MTS
Murtosa
 ILV
Ílhavo
 VGS
Vagos
 MIR
Mira
 MLD
Mealhada
BB
Bairrada e Buçaco
 MMR
Mamarrosa
 AND
Anadia
 CTN
Cantanhede
 LSO
Luso
 FFZ
Figueira da Foz
BM
Baixo Mondego
 TCA
Tocha
 ARZ
Arazede
 MMV
Montemor-o-Velho
 MOD
Marinhas das Ondas
 CIB
COIMBRA
UC
UNIVERSIDADE DE COIMBRA
 SZL
Souzelas
 SSV
São Silvestre
 CRA
Ceira
 CDX
Condeixa
 VNP
Vila Nova de Poiares
VM
Vale do Mondego
 OMD
Oliveira do Mondego
 PNV
Penacova
 AGN
Arganil
 GIS
Góis
 LSA
Lousã
SL
Serra da Lousã
 PCD
Póvoa da Cerdeira
 CPR
Castanheira de Pêra
 MRC
Miranda do Corvo
 PNL
Penela
 PBL
Pombal
SR
Sicó e Rabaçal
 SRE
Soure
 ASA
Ansião
 AVA
Alvaiázere
 ABD
Albergaria dos Doze
 LRA
Leiria
LL
Liz e Lena
 VLR
Vieira de Leiria
 MRG
Marinha Grande
 BTL
Batalha
 CDS
Cardosos
 CRN
Caldas da Rainha
EB
Estremadura e Berlengas
 NZR
Nazaré
 ACB
Alcobaça
 OBD
Óbidos
 PNC
Peniche

por joca às 16:29
link | comentar | adicionar

Regionalização - Centro (Beira Interior e Estrela)

 

 SPS
São Pedro do Sul
AV
Arada e Vouga
 ADA
Aldeia
 CDR
Castro Daire
 OFD
Oliveira de Frades
 VZL
Vouzela
 VPV
Vila Nova de Paiva
LP
Leomil e Paiva
 TRC
Tarouca
 MMB
Moimenta da Beira
 VCC
Vila Cova à Coelheira
 STO
Satão
 SNC
Sernancelhe
LD
Lapa e Dão
 PND
Penedono
 MDA
Mêda
 TCS
Trancoso
 AGB
Aguiar da Beira
 PNH
Pinhel
MC
Marofa e Côa
 FCR
Figueira de Castelo Rodrigo
 VFM
Vilar Formoso
 ALM
Almeida
 VFN
Vila Franca das Naves
 MGA
MANGUALDE
MD
MONDEGO E DÃO
 FAG
Fornos de Algodres
 PCT
Penalva do Castelo
 NLS
Nelas
 VNT
Vila Nova de Tázem
 GAD
Guarda
MM
Malcata e Mondego
 CBR
Celorico da Beira
 CDC
Cerdeira do Côa
 BMT
Belmonte
 SBG
Sabugal
 MTG
Manteigas
SE
Serra da Estrela
 TTA
Trinta
 GVA
Gouveia
 SEI
Seia
 UNS
Unhais da Serra
 FDO
Fundão
CB
Cova da Beira
 CVL
Covilhã
 PNM
Penamacor
 MST
Monsanto
 ORD
Ourondo
 OHP
Oliveira do Hospital
SA
Serra do Açor
 TBA
Tábua
 CJA
Côja
 FJO
Fajão
 SJB
São Jorge da Beira
 VSU
Viseu
DL
Dão-Lafões
 LDS
Lordosa
 FMN
Farminhão
 ACF
Alcafache
 CSN
Canas de Senhorim
 TDL
Tondela
CD
Caramulo e Dão
 CRM
Caramulo
 MTA
Mortágua
 SCD
Santa Comba Dão
 CSL
Carregal do Sal

por joca às 16:27
link | comentar | adicionar

Regionalização - Norte (Douro-Ave Litoral)

 VCD
Vila do Conde
FA
Foz do Ave
 PVZ
Póvoa do Varzim
 TFA
Trofa
 LBG
Labruge
 CMA
Castelo da Maia
 PRD
Paredes
VS
Vale do Sousa
 AGL
Água Longa
 PFR
Paços de Ferreira
 PNF
Penafiel
 GDA
Gandra
 AMT
Amarante
ST
Sousa e Tâmega
 LXA
Lixa
 LSD
Lousada
 MCN
Marco de Canaveses
 ABG
Abragão
 CPV
Castelo de Paiva
BD
Baixo Douro
 EOR
Entre-os-Rios
 BZL
Branzelo
 CND
Canedo
 ARC
Arouca
 PTO
PORTO
FD
FOZ DO DOURO
 SMI
São Mamede de Infesta
 EMS
Ermesinde
 GDM
Gondomar
 VNG
Vila Nova de Gaia
 EPN
Espinho
CP
Costa de Prata
 ACZ
Arcozelo
 FAS
Fiães
 EMR
Esmoriz
 OVR
Ovar
 SJM
São João da Madeira
GC
Gralheira e Caima
 RSS
Rossas
 SMF
Santa Maria da Feira
 OAZ
Oliveira de Azeméis
 VCB
Vale de Cambra

por joca às 16:26
link | comentar | comentários (2) | adicionar

Regionalização - Norte (Trás-os-Montes e Alto Douro)

 CVS
Chaves
BT
Barroso e Tâmega
 MAL
Montalegre
 BTC
Boticas
 VPC
Valpaços
 RBD
Rebordelo
 VPA
Vila Pouca de Aguiar
PT
Padrela e Tâmega
 RPN
Ribeira de Pena
 PSG
Pedras Salgadas
 CRZ
Carrazedo
 MCA
Murça
 VRL
Vila Real
MA
Marão e Alvão
 CVA
Cerva
 EML
Ermelo
 CDM
Candemil
 SBS
Sabrosa
 MRD
MIRANDELA
TT
TUA E TUELA
 TDC
Torre Dona Chama
 MCV
Macedo de Cavaleiros
 AFF
Alfandega da Fé
 VFR
Vila Flor
 BGC
Bragança
CM
Côroa e Montezinho
 SGR
Salgueiros
 VNS
Vinhais
 STL
Soutelo
 GMD
Gimonde
 MDR
Miranda do Douro
DI
Douro Internacional
 VMS
Vimioso
 BPD
Bemposta do Douro
 IZD
Izeda
 MGD
Mogadouro
 VFC
Vila Nova de Foz Côa
DC
Douro e Côa
 TMC
Torre de Moncorvo
 FEC
Freixo de Espada-à-Cinta
 BAV
Barca d´Alva
 MLB
Mata de Lobos
 SJP
São João da Pesqueira
AD
Alto Douro
 ALJ
Alijó
 CAS
Carrazeda de Ansiães
 SRB
Senhora da Ribeira
 TBC
Tabuaço
 PRG
Peso da Régua
DV
Douro Vinhateiro
 SMP
Santa Marta de Penaguião
 PGA
Paradela de Guiães
 LMG
Lamego
 AMM
Armamar
 RSD
Resende
MB
Montemuro e Bigorne
 BIA
Baião
 MSF
Mesão Frio
 CFS
Cinfães
 RSO
Rossão

por joca às 16:25
link | comentar | adicionar

Regionalização - Norte (Minho-Lima-Cávado)

 VLC
Valença
RM
Rio Minho
 MGC
Melgaço
 MNC
Monção
 PCR
Paredes de Coura
 VNC
Vila Nova de Cerveira
 TBR
Terras do Bouro
PG
Peneda Gerês
 AVV
Arcos de Valvedez
 SPN
Senhora da Peneda
 PBC
Ponte da Barca
 SLM
Salamonde
 VCT
Viana do Castelo
AL
Arga e Lima
 CMN
Caminha
 OBC
Orbacém
 PLM
Ponte de Lima
 BRS
Barroselas
 BGA
BRAGA
CS
Cávado e Santuários
 VVD
Vila Verde
 AMS
Amares
 PLN
Póvoa do Lanhoso
 CTP
Caldas das Taipas
 CBB
Cabeceiras de Basto
TB
Terras de Basto
 VMN
Vieira do Minho
 VNV
Venda Nova
 CLB
Celorico de Basto
 MDB
Mondim de Basto
 BCL
Barcelos
BC
Baixo Cávado
 PAN
Ponte Anhel
 QTS
Quintães
 EPS
Esposende
 LNG
Lagoa Negra
 VNF
Vila Nova de Famalicão
VA
Vale do Ave
 NNE
Nine
 RMU
Rio Mau
 RAV
Riba de Ave
 STS
Santo Tirso
 GMR
Guimarães
BP
Berço de Portugal
 ARS
Arosa
 FFE
Fafe
 FGR
Felgueiras
 CVZ
Caldas de Vizela

por joca às 16:23
link | comentar | adicionar

Regionalização

Por ocasião do terceiro ano de vigência do mandato do Presidente da Republica, fiquei a saber que a freguesia mais cavaquista de Portugal tem apenas 120 e tal eleitores (Alvelos, Vinhais - noticia TSF). Mais uma freguesia que deveria ser fundida com as freguesias vizinhas.

 

O esbanjar de recursos no nosso país é grotesco.

Mesmo sendo uma freguesia do interior profundo, não existe lógica na criação de uma infra-estrutura político-administrativa para uma mão cheia de eleitores, apenas 80 votantes (ainda assim, menos mal). Mas ao se mencionar este assunto àquela população ela irá, porventura, indignar-se e daqui del rei...

 

Tal assunto leva-nos à badalada regionalização, que se torna necessária, é urgente reformular o mapa e a divisão territorial de Portugal. O país já não é o mesmo, as migrações originaram grandes transformações internas e é preciso ajustar a divisão administrativa a esta realidade. Chamem-lhe o que quiserem, nomeiem as divisões de províncias, distritos, concelhos, freguesias, sedes, regiões, what ever... mas actuem.

Certamente é impossível agradar as todas as populações.

 

Para mim este tema não é novo e até tenho um esboço de uma possível regionalização, por sinal bastante "matemática", embora crie regiões com dimensões populacionais bastante díspares.

A primeira divisão seria a criação de 3 grandes zonas/regiões/províncias (?) que se subdividiriam em outras 3 subregiões/distritos/sedes (?) - Norte (com Minho-Lima-Cavâdo (MLC), Douro-Ave Litoral (DAL) e Trás-os-Montes e Alto Douro (TAD)), Centro (com Beira Interior e Estrela (BIE), Beira Litoral- Estremadura (BLE) e Riba-Alto Tejo (RAT)) e Sul (com Estuários-Oeste-Ilhas (EOI), Alentejo-Sado-Guadiana (ASG) e Sudoeste-Sueste-Algarve (SSA). Cada distrito teria vários concelhos (?) (máximo de 11 para Trás-os-Montes, mínimo de 7 para Douro Litoral, total de 82 concelhos) que seriam a junção de 5 freguesias/áreas (?) por concelho (num total de 410 freguesias). Estas freguesias teriam grandes assimetrias em termos populacionais (mas não em termos territoriais) porque continua a ser necessário dar resposta às necessidades destas populações localmente, mas nunca teriam menos de 3-4 mil habitantes. E as muito grandes (com um número muito superior de representantes), como Lisboa e Porto (com base na existentes Áreas Metropolitanas) deveriam ter vereadores (?) por zonas que respondessem directamente a essas necessidades.

  

Mas estes distritos não seriam a transposição das províncias actuais, um dos princípios essenciais seria a não divisão pelos cursos de água existentes, pois a divisão administrativa tendo por base os rios não apresenta nenhuma lógica na actualidade.

 

Outro aspecto essencial seria a responsabilização das administrações regionais e dos seus governantes para terminar com os atentados ao património que temos tido, as revisões de revisões de PDM para agradar à família e aos amigos teriam de ser reprimidas. Por exemplo criando a obrigatoriedade de uma percentagem do território ser reserva natural não intervencionável (para além da sua manutenção, obviamente).

por joca às 09:48
link | comentar | comentários (3) | adicionar

Todas as máximas já foram escritas. Resta apenas pô-las em prática - Blaise Pascal ...

pesquisar

 

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
17
20

21
22
24
26
27

28
30


posts

Das SCUT´s - utilizador-p...

Autárquicas

Eleições...

Políticos ou os medos da ...

Portagens...

Aveiro - Capital do Bedum

Regionalização - Sul (Sud...

Regionalização - Sul (Ale...

Regionalização - Sul (Est...

Regionalização - Centro (...

arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds