Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

Dos Cavacos, dos Belmiros e afins...

Um comentário certeiro de Carlos Velasco, tirado daqui:

 

"Caro Nuno,

Aí está o protótipo do empresário cavaquista, como você diz. Essa gente é muito boa a gerir um negócio nas seguintes condições:

1 - O governo, em troca da criação de "postos de trabalho", paga a infra-estrutura, doa o terreno, dá incentivos fiscais e acelera a burocracia.
2 - Os bancos, graças às dimensões do negócio, cobram spreads ridículos na comparação com o que cobram aos pequenos, para não falar de que os bancos costumam ser accionistas destas empresas. 
3 - Os fornecedores, por causa da posição desses grupos, são espremidos. No caso do continente chegam a ser obrigados a dar de graça a primeira remessa de mercadoria, a título de "teste". E depois fazem preços menores que os cobrados aos pequenos.
4 - As câmaras começam a cobrar estacionamento nos centros urbanos, o que afasta a clientela dos pequenos negócios nas cidades. Em troca, muitas vezes, constroem infra-estrutura de transporte que passa nos continentes, ou avisam o grupo Sonae onde elas vão passar para este comprar o terreno barato, de preferência antes da alteração do PDM. 
5 - A cobrança de IMI não poupa quem possui um negócio num centro, mas é branda para com os continentes da vida, estrategicamente colocados em terrenos baratos e muitas vezes isentados de impostos por criarem "postos de trabalho".
6 - A GALP, ao invés de dar um desconto directo, dá um talão que só pode ser descontado no continente.
7 - Aproveitando a falta de tempo do trabalhador moderno, e o facto de que as mulheres trabalham tanto quanto os homens, se dá um desconto em alguns artigos que as pessoas fixam mais os preços e se cobra muito mais no outros, que são colocados no caminho para os bens mais consumidos. Já fiz o teste e vi que os preços do continente são muito mais caros. Algumas vezes chegam a ser cinco vezes mais caros!
8 - As grandes empresas têm condições para serem SA´s, ou até terem a sede lá fora, o que facilita em muito a vida com as finanças. Já as Lda. estão f... E nem vamos falar de como os grandes são bem tratados. O pequeno tem logo o seu negócio fechado.
9 - Numa economia super-regulamentada, só os gigantes podem possuir departamentos especializados em lidar com isso. Já o pequeno não pode lidar com o negócio e a burocracia ao mesmo tempo. Depois, há o poder de lóbi. Quem vai multar o continente (milhares de postos de trabalho ameaçados...)? Mas ao zé da esquina, ninguém liga.
10 - O grupo sonae pode fazer doações e dar empregos a muito gente dos partidos. O pequeno comerciante, se o fizer, fica com o negócio quebrado.
11 - Ainda podemos lembrar daquelas privatizações feitas por encomenda, sempre nos momentos oportunos. Há uns corticeiros por aí que compraram umas acções muito baratas e depois entraram para a lista dos mais ricos do mundo, quando o mercado se apercebeu do valor do que compraram. Hoje as bombas com o nome da empresa dão os tais talões que podem ser descontados no continente, e vice-versa. 

O pior é que muitos idiotas liberais acreditam que defendem o mercado livre, quando na verdade defendem o socialismo das corporações. Enfim, para eles basta meter o rótulo "privado" numa empresa para acreditarem que ela favorece uma política de direita."

 

 

 

Fácil, fácil.


Não surpreende que o Tio Belmiro venha dar um empurrãozinho ao Catequista Cavaco, algumas generosidades tem de ser pagas... e outras virão!

 

por joca às 12:38
link | comentar | comentários (1) | adicionar
Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

O mundo mais justo do neo-liberalismo...

São só 42 Portugais a viver em pobreza extrema no mundo, com um aumento de 3 milhões por ano na última década... mas o sistema é óptimo, a repartição da riqueza é perfeita, os ricos (os "podres" de rico) o que mais gostam é de ajudar as populações carenciadas! Estamos no paraíso, um paraíso de fazer inveja ao do Adão e da Eva.

 

 

Daqui.

 

 

Será que estas campanhas servem para alguma coisa?

O que melhorou em 2010?

 

por joca às 18:09
link | comentar | adicionar
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Paulo Portas - popularucho, demagogo e aldrabão

Ver aqui.

 

 

... não esteve no governo quando estas situações já existiam? Fez alguma coisa para mudar a situação à época? Não colocou muitos dos seus subordinados e correligionários em "tachos" onde recebem "gratificações" muito superiores ao Presidente da República?

 

E já agora onde conhece o seu correligionário, o Jacinto Leite Capelo Rêgo?

por joca às 15:43
link | comentar | adicionar
Quinta-feira, 18 de Novembro de 2010

Da confusão entre caridade e solidariedade

Do dicionário da língua portuguesa (Porto Editora):

 

solidariedade (nome feminino)

1. qualidade de solidário
2. responsabilidade recíproca entre elementos de um grupo social, profissional, etc.
3. sentimento de partilha do sofrimento alheio
4. sentimento que leva a prestar auxílio a alguém
5. adesão ou apoio a uma causa, a um movimento ou a um princípio

 caridade (nome feminino)

1. bondade, benevolência, generosidade
2. compaixão
3. ato de beneficência
4. esmola
5. RELIGIÃO virtude teologal que consiste em amar a Deus acima de todas as coisas e amar o próximo por amor de Deus
6. (irónico) ofensa; dano; fazer as caridades a ajustar contas com, repreender

 

Se caridade existe pouca, solidariedade existe quase nenhuma.

A caridade serve para nos tirar o peso da consciência, a solidariedade é uma forma de estar na vida.

 

E ando assim a modos que farto de caridade travestida de solidariedade.

 

por joca às 15:53
link | comentar | adicionar
Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

Um currículo invejável para modificar a principal lei portuguesa

Francisca Almeida integra Comissão de Revisão Constitucional.

 

Ver a biografia aqui.

 

Esta menina (desculpem, senhora deputada da nação) além de deputada foi membro de variadíssimas comissões. Já do resto do seu anterior curto percurso profissional só se sabe que era advogada (não o terá sido mais que 2/3 anos, estágio profissional incluído).

 

Experiência e muita sabedoria das vivências acumuladas (em 26 anos de vida?!!!!) para modificar a Constituição Portuguesa. Depois queixem-se da nossa justiça e das nossas leis; são estes políticos profissionais vindos das "jotinhas" que as engendram, os tribunais só as fazem cumprir...

 

por joca às 17:51
link | comentar | adicionar

Enquanto na Noruega

... e não é só do ouro negro que brota práquelas bandas.

 

Noruega... para pensar

(Daqui: http://luzdequeijas.blogs.sapo.pt/1415168.html)


'Na Noruega, o horário de trabalho começa cedo (às 8 horas) e acaba cedo (às 15.30). As mães e os pais noruegueses têm uma parte significativa dos seus dias para serem pais, para proporcionar aos filhos algo mais do que um serão de televisão ou videojogos. Têm um ano de licença de maternidade e nunca ouviram falar de despedimentos por gravidez.'


'A riqueza que produzem nos seus trabalhos garante-lhes o maior nível salarial da Europa. Que é também, desculpem-me os menos sensíveis ao argumento, o mais igualitário. Todos descontam um IRS limpo e transparente que não é depois desbaratado em rotundas e estatuária kitsh, nem em auto-estradas (só têm 200 quilómetros dessas «alavancas de progresso»), nem em Expos e Euros.'

'É tempo de os empresários portugueses constatarem que, na Noruega, a fuga ao fisco não é uma «vantagem competitiva». Ali, o cruzamento de dados «devassa» as contas bancárias, as apólices de seguros, as propriedades móveis e imóveis e as «ofertas» de património a familiares que, em Portugal, país de gentes inventivas, garantem anonimato aos crimes e «confundem» os poucos olhos que se dedicam ao combate à fraude económica.
'Mais do que os costumeiros «bons negócios», deviam os empresários portugueses pôr os olhos naquilo que a Noruega tem para nos ensinar. E, já agora, os políticos.
Numa crónica inspirada, o correspondente da TSF naquele país, afiança que os ministros não se medem pelas gravatas, nem pela alta cilindrada das suas frotas. Pelo contrário, andam de metro, e não se ofendem quando os tratam por tu. Aqui, cada ministério faz uso de dezenas de carros topo de gama, com vidros fumados para não dar lastro às ideias de transparência dos cidadãos. Os ministros portugueses fazem-se preceder de batedores motorizados, poluem o ambiente, dão maus exemplos e gastam a rodos o dinheiro que escasseia para assuntos verdadeiramente importantes.
'Mais: os noruegueses sabem que não se «projecta o nome do país» com despesismos faraónicos, basta ser-se sensato e fazer da gestão das contas públicas um exercício de ética e responsabilidade. Arafat e Rabin assinaram um tratado de paz em Oslo. E, que se saiba, não foi preciso desbaratarem milhões de contos para que o nome da capital norueguesa corresse mundo por uma boa causa.·
'Até os clubes de futebol noruegueses, que pedem meças aos seus congéneres lusos em competições internacionais, nunca precisaram de pagar aos seus jogadores 400 salários mínimos por mês para que estes joguem à bola.
Nas gélidas terras dos vikings conheci empresários portugueses que ali montaram negócios florescentes. Um deles, isolado numa ilha acima do círculo polar Árctico, deixava elogios rasgados à «social-democracia nórdica». Ao tempo para viver e à segurança social.'
'Ali, naquele país, também há patos-bravos. Mas para os vermos precisamos de apontar binóculos para o céu. Não andam de jipe e óculos escuros. Não clamam por messias nem por prebendas  . Não se queixam do «excessivo peso do Estado», para depois exigirem isenções e subsídios.
É tempo de aprendermos que os bárbaros somos nós.
Seria meio caminho andado para nos civilizarmos.

por joca às 17:24
link | comentar | adicionar

... e outras mensalidades obscenas.

(recebido por mail)
 
 
Uma pequena amostra!
 
ATENÇÃO! ... EM LETRA GRANDE DE INDIGNAÇÃO...
ISTO SÃO ORDENADOS MENSAIS!!
QUE SE CRIE UM MOVIMENTO NACIONAL QUE PRESSIONE O GOVERNO E OPOSIÇÃO PARA QUE,  ATRAVÉS DE  AGRAVAMENTO DE IMPOSTOS E REDUÇÃO DO TECTO DE VENCIMENTOS, A ESTES SENHORES, SE CORRIJA ESTA SITUAÇÃO DE TREMENDA INJUSTIÇA!!!!
PORQUE PAGA O "ZÉ" ? O GOVERNO JÁ FEZ ALGUMA COISA NESSE SENTIDO, É CERTO,  MAS SÃO MEDIDAS INSUFICIENTES!
 ISTO É UMA AFRONTA AOS MILHÕES DE PORTUGUESES QUE SE DEBATEM, COM MUITAS, DIFICULDADES PARA SOBREVIVER...!!!
 O MAL DE PORTUGAL E DO MUNDO, FOI CRIADO PELO SISTEMA DE "GANHO FÁCIL" QUE É O MERCADO INTERCAMBIAL MUNDIAL/IMOBILIÁRIO/BOLSISTA/ E SUAS NUANCES,...
A GESTÃO RUINOSA QUE ESTES SENHORES, QUE GANHAM FORTUNAS E SÃO INIMPUTÁVEIS, FAZEM E FIZERAM SÃO O RESULTADO DISTO MESMO, AS ENORMÍSSIMAS DESIGUALDADES SOCIAIS... FORAM E SÃO, ELES, DIRECTA OU INDIRECTAMENTE OS PROMOTORES DO ENDIVIDAMENTO DO CIDADÃO E DO ESTADO (BANCA E PARCERIAS PUBLICO-PRIVADAS... AUTENTICAS CARRAÇAS E SANGUESSUGAS DO SISTEMA)... 
É NOTÓRIA A POBREZA E MEDIOCRIDADE DOS SERVIDORES DE TOPO DO ESTADO, PARA COM OS SEUS (CON)CIDADÃOS, E A CONTINUA PROMISCUIDADE GOVERNATIVA.
COMO É POSSÍVEL ACEITAR QUE OS PAÍSES DEIXEM DE SER SOBERANOS POR IMPOSIÇÃO DOS ESPECULADORES NACIONAIS E INTERNACIONAIS. ISTO ERA CASO PARA GUERRAS PATRIÓTICAS EM DEFESA DOS INTERESSES NACIONAIS!!!
 SABEM QUE MAIS, ESTES SENHORES QUE GANHAM MUITO E QUE NAS SUAS MÃOS TÊM A POSSIBILIDADE DE LEGISLAR E REGULAR "ESTAS COISAS",    "COMO ANDAR A MAMAR"    ESQUECEM O SANGUE, O SUOR E LÁGRIMAS QUE CUSTOU CRIAR UMA NAÇÃO!!!
ESPANTOSO QUE O "ZÉ" NEM DÊ POR ISSO!!!
ESTES FULANOS SABEM  BEM QUAIS AS POLITICAS QUE ACABARIAM COM A CRISE MAS NÃO ESTÃO DISPOSTOS A SACRIFICAR NADA DA SUA MONSTRUOSA GANÃNCIA!
EMBORA "NO MESMO BARCO", PAÍSES COMO A DINAMARCA, SUÉCIA, NORUEGA FINLÂNDIA, POR EXEMPLO, ONDE FOI APLICADA LOGO NO APÓS ii GUERRA MUNDIAL UMA POLÍTICA DE MAIOR JUSTIÇA SOCIAL, NÃO SE VERIFICAM SITUAÇÕES COMO ESTAS,  PORQUÊ?
 PORQUE, ENQUANTO UM GESTOR PÚBLICO NESSES PAÍSES RECEBE CERCA DE 50% MENOS DE SALÁRIO QUE OS GESTORES PORTUGUESES, VEMOS QUE "EM PARALELO", O SALÁRIO MÍNIMO NESSES MESMOS PAÍSES TRIPLICA COMPARATIVAMENTE AO SALÁRIO MÍNIMO QUE É PRATICADO EM PORTUGAL.
É TÃO SIMPLES QUANTO ISTO. ... DEIXEM-SE DE TRETAS "QUE ISTO SÃO POLITICAS DE ESQUERDA OU DE DIREITA" ... A REALIDADE É QUE O DINHEIRO QUE FAZ FALTA AOS CONTRIBUINTES PORTUGUESES E AOS CIDADÃOS DE OUTROS POVOS DO MUNDO E QUE VERDADEIRAMENTE MOVE A ECONOMIA E QUE CRIA EMPREGO, ESTÁ NAS MÃOS DESTES PRIVILEGIADOS, ILUMINADOS E SOBRETUDO GANANCIOSOS SENHORES...
 TOMEMOS, TODOS,  CONSCIÊNCIA DESTA SITUAÇÃO QUE NOS DEVIA ENVERGONHAR A TODOS!!!
 
por joca às 17:18
link | comentar | adicionar

"Pobreza" franciscana

 
 
Não terá confessado o suficiente, com uma reforma de 7 450 euros mensais...
 
Vai bem a igreja católica (portuguesa) se até os franciscanos dão este "bonito" exemplo, imagino os demais!
 
por joca às 17:12
link | comentar | adicionar
Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

Lembram-se da Dona Branca?

 

Os ditos mercados e instituições financeiras (agências de rating and so on...) são a Dona Branca dos nossos dias, agiotas e burlões que só não vão para a pildra (qual Dona Branca) porque são institucionais... e quem está no "suposto" poder mais não faz que lhes lamber as botas!

 

por joca às 15:29
link | comentar | adicionar
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

José Sócrates - quanto do seu voto o escolheu para PM?

Estando 9.514.322 eleitores inscritos, 2.077.695 votaram a 100% no PS e neste Primeiro-Ministro, 3.830.355 (descontando as anormalidades dos cadernos eleitorais: os mortos, eleitores duplicados e os eleitores-fantasma) abstencionistas e 70.023 brincalhões (votos nulos) votaram nele em quase 40% e só os restantes (cerca de 3 milhões) não têm, nesta matéria, qualquer culpa no cartório.

Portanto anda por aí muito "queixinhas" que fazia bem era em estar calado e assumir a responsabilidade dos seus actos (também nas urnas). Das duas uma, ou pôs a cruz no quadradinho da rosa ou simplesmente abdicou do seu direito e deu-o aos "verdadeiros" eleitores, confiando no voto do rebanho.

Agora aguentem! Com sorte são só mais 18 meses, quando o orçamento de 2012 ficar por aprovar...

por joca às 17:24
link | comentar | adicionar

Todas as máximas já foram escritas. Resta apenas pô-las em prática - Blaise Pascal ...

pesquisar

 

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
17
20

21
22
24
26
27

28
30


posts

Dos Cavacos, dos Belmiros...

O mundo mais justo do neo...

Paulo Portas - popularuch...

Da confusão entre caridad...

Um currículo invejável pa...

Enquanto na Noruega

... e outras mensalidades...

"Pobreza" franciscana

Lembram-se da Dona Branca...

José Sócrates - quanto do...

arquivo

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds